×

Observação

There is no category chosen or category doesn't contain any items

Pesquisador espanhol conhece trabalhos da APTA em conservação ambiental e recuperação de solo degradado

VISITA TECNICA NOV 18

O Polo Regional de Pindorama da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA) recebeu a visita do pesquisador espanhol, José Afonso Gómez Celero, do Laboratório de Erosión de Suelo Instituto de Agricultura Sostenible (IAS), interessado em conhecer as práticas de conservação ambiental e de recuperação de solo degradado realizadas pelos pesquisadores da APTA, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do estado de São Paulo.

Acompanhado do pós-graduando da Universidade Estadual Paulista (Unesp-Jaboticabal), Rafael Parras, Celero visitou, em 22 de novembro, os campos de culturas agrícolas e, principalmente, as diversas práticas conservacionistas instaladas na unidade da APTA, como bacia de retenção, terraços em níveis e desníveis, recuperação e estabilização de voçoroca, entre outras ações.

O interesse do pesquisador espanhol se deu pelas ações realizadas pela unidade para recuperação de área de voçoroca, um fenômeno geológico que consiste na formação de grandes buracos de erosão. A recuperação da área se iniciou em 1998 e, segundo o diretor da unidade, Antonio Lucio Mello Martins, agora está estabilizada.

“O solo que temos na unidade é o argissolo, que é muito suscetível à erosão e a ocorrência de voçoroca. Para recuperação da área fizemos vários pequenos açudes para que a água desaguasse e realizamos o plantio de mata ciliar, de acordo com a legislação ambiental”, afirma.


Segundo Martins, a visita foi importante para divulgar as pesquisas que o Polo vem desenvolvendo, promover a transferência do conhecimento e trocar experiências sobre os recursos naturais, impactos ambientais e sistemas de produção agrícola e pecuária em microbacias hidrográficas, ampliando o conhecimento e ações de parceria entre universidades e instituições de pesquisa, como a APTA.


“Foi, portanto, uma oportunidade de avançarmos no estudo do tema, considerando as prioridades para gestão de uso, manejo e conservação do solo no Estado de São Paulo”, afirma. A visita também foi acompanhada pela pesquisadora da APTA, Maria Teresa Vilela N. Abdo.

Por Fernanda Domiciano

Assessoria de Imprensa – APTA

19 2137-8933

Notícias por Ano