×

Observação

There is no category chosen or category doesn't contain any items

APTA LEVA PESQUISA INÉDITA NO ESTADO DE SÃO DE PAULO PARA SIMPÓSIO INTERNACIONAL




Pesquisadora da UPD de Itapetininga participa da comissão científica do evento e apresenta estudos com ovelhas
 
Nesta terça-feira, 8 de outubro, Curitiba recebe o 1° Simpósio Internacional de Arborização de Pastagens em Regiões Subtropicais. O encontro irá reunir pesquisadores de diversos países, como Argentina, Uruguai, Venezuela, Colômbia, Cuba e Brasil, para discutir conhecimento científico e novas descobertas sobre o tema. Dentre os participantes,  estará a pesquisadora da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo, Cristina Barbosa. A pesquisa apresentada por Barbosa nesse Simpósio trata dos danos causados por ovelhas em árvores de eucalipto quando introduzidos no sistema silvipastoril, distribuídos em dois modelos espaciais.
 
O sistema silvipastoril é composto pela integração pastagem-animal-árvore em uma só área. Dessa forma, os animais e os produtores são beneficiados, principalmente pela melhoria das condições ambientais, e a proteção contra as geadas no inverno, ventos frios, tempestades e até mesmo às altas temperaturas do verão. “É comum ser introduzido nesse sistema rebanhos de bovinos de corte e leite e ovinos, integrados com árvores de eucalipto, ou até mesmo com acácia negra, pinus, cedro-australiano e teca”, afirma Barbosa.
 
No estudo que será apresentado no encontro, a pesquisadora avaliou os danos causados durante a integração com ovelhas e eucaliptos e as possíveis soluções. Até então, nenhuma pesquisa desenvolvida no Estado de São Paulo abrangia a relação de árvores, pastagens e animais. O estudo concluiu que a desrama não previne os danos causados pelas ovelhas com a retirada da casca do tronco das árvores em todos os arranjos avaliados, o que não compromete o desenvolvimento dos eucaliptos. Por outro lado, a desrama protegeu as árvores de outros danos, como quebra de ramos e mastigação das folhas.
 
O trabalho, ainda não concluído, mostra que esse tipo de combinação necessita de alguns ajustes para que não seja prejudicial para a atividade e animais. “É importante que as pesquisas continuem para acharmos ferramentas que evitem esses danos, que podem matar as árvores se forem maiores que esses encontrados no estudo”, conta Cristina.
 
O estudo
 
Para avaliar o impacto que as ovelhas causam nas árvores de eucalipto, foram utilizados dois modelos de distribuição espacial, sendo um sistema em fileira única e outro com fileiras duplas. Além disso, as árvores introduzidas foram divididas entre manejo com desramas e sem. A desrama é normalmente utilizada para minimizar defeitos que possam ocorrer na madeira, principalmente se esta for utilizada para serraria. Para a produção de madeira para lenha, celulose ou painéis, essa prática não é necessária.
 
A escolha das árvores de eucalipto se deu, principalmente, por ser considerada uma árvore recuperadora do solo por ter raízes profundas e procurar nutrientes nas camadas inferiores do solo, além de ser o tipo mais comum utilizado em sistema silvipastoril. Para as ovelhas foram utilizadas três raças, sendo a Santa Inês, Ile de France e Texel, distribuídas nos modelos estudados, de forma que todos os piquetes tivessem todas as raças.
 
APTA no Simpósio
 
A pesquisadora da UPD de Itapetininga, Cristina Barbosa, também participa da comissão científica do Simpósio, além de ter revisado os trabalhos que serão apresentados no evento. Cristine enfatiza a importância de encontros como esse. “Esse componente intelectual é precisamente o que se trata no simpósio, onde serão apresentadas novas descobertas científicas e técnicas, discutidos esses resultados e comparados com os conceitos e visões que deram origem e de onde surgem outros novos.”
 
Também farão parte do encontro, os pesquisadores da APTA, Andréia Hirata, Edson Hirata, Nobuyoshi Narita, Andréia Moreira e Amarilis Rós, que apresentarão o trabalho Estabelecimento de pastagem na entrelinha de eucalipto após consórcio com plantas de cobertura manejadas com rolo faca. “Participaremos mostrando dados de nossas pesquisas em âmbito internacional, isso é de extrema importância para a Instituição”, afirma.
 
Serviço
 
1° Simpósio Internacional de Arborização de Pastagens em Regiões Subtropicais
 
Data: 08 a 10 de outubro de 2013
 
Local: FIEP – Curitiba/PR
 
Endereço:Av. Comendador Franco, 1341 – Jardim Botânico - Curitiba/PR
 
 
Texto: Sandy Quintans
 
Estagiária – Assessoria de Imprensa – APTA
19 – 2137-0616/613
 

Notícias por Ano